Lançamento da Obra Lucro Real x Presumido x Simples

Por Júlio César Zanluca – Contabilista e coordenador do site Portal Tributário

Todo contribuinte pessoa jurídica necessita definir qual a forma de tributação aplicável aos seus negócios: Lucro Real, Presumido, Arbitrado ou Simples Nacional.

Aí começam os problemas: quais as restrições de cada regime e como tomar a decisão correta sobre uma possível opção neste ou naquele?

Aparentemente simples, esta decisão pode levar o analista a “mares nunca antes navegados”, já que, como eu sempre costumava citar quando prestava serviços de consultoria tributária, “cada caso é um caso”, referindo-me à particularidades não somente aos regimes de opção, mas também às operações e negócios de cada empresa.

Itens como sazonalidade de vendas, lucratividade, valor da receita bruta, limitações de cada regime, área e estado de atuação e efeitos nas empresas ligadas societariamente são alguns dos fatores a serem considerados.

Recomenda-se que os administradores realizem cálculos, visando subsídios para tomada de decisão pela forma de tributação, estimando-se receitas e custos, com base em orçamento anual ou valores contábeis históricos, devidamente ajustados em expectativas realistas.

A opção deve recair para aquela modalidade em que o pagamento de tributos, compreendendo não só o IRPJ e a CSLL, mas também o PIS, COFINS, IPI, ISS, ICMS e INSS se dê de forma mais econômica, atendendo também às limitações legais de opção a cada regime.

Visando auxiliar os analistas, recomendo a obra “Lucro Real x Presumido x Simples©“, lançamento do Portal Tributário®, compilada pelo reconhecido professor e especialista em tributação Nilton Facci, atendendo aos anseios da classe de profissionais que buscam subsídios para a tomada de decisão tributária, quando possível a opção por 2 ou mais formas de tributação.

Parabéns Nilton Facci e equipe pela contribuição a nós, tributaristas e planejadores fiscais!

capa-lucrorealxpresumido1

 

Boletim Tributário e Contábil 24.04.2018

Data desta edição: 24.04.2018

SIMPLES NACIONAL
Comitê Gestor do Simples Regulamenta Parcelamento PERT-SN
GUIA TRIBUTÁRIO ONLINE
IRPF – Deduções no Livro Caixa
PIS e COFINS – Alíquotas – Empresas Sediadas na Zona Franca de Manaus
Reembolso de Despesas
GUIA CONTÁBIL ONLINE
Regime de Competência Contábil
Retenções da CSLL, PIS e COFINS sobre Serviços
Vendas de Mercadorias, Produtos e Serviços
ENFOQUES
Bloco K – Quando Deverá Ser Apresentado?
Qual é o Lucro Ideal Para a Minha Empresa?
ORIENTAÇÕES
“Corrida” da Entrega da Declaração: Retificar é Melhor que Atrasar!
Qual o Prazo de Entrega da ECD?
ARTIGOS E TEMAS
Parcelamento Tributário Rural – PRR – Alterações – Derrubada de Vetos Presidenciais
Como Deve Ser Calculado o GILRAT/SAT da Empresa?
PUBLICAÇÕES PROFISSIONAIS ATUALIZÁVEIS
Contabilidade de Custos
Manual do Imposto de Renda na Fonte (IRF)
Microempreendedor Individual – MEI