Boletim Tributário e Contábil 16.10.2018

GUIA TRIBUTÁRIO ONLINE
IPI – Créditos Extemporâneos
Simples Nacional – Tributação por Regime de Caixa
REPES – Regime Especial de Tributação – Exportação de Serviços
GUIA CONTÁBIL ONLINE
Constituição de Empresa
Carta de Responsabilidade da Administração
Adiantamentos para Viagem em Moeda Estrangeira
ENFOQUES E ORIENTAÇÕES
Aprovado Leiaute da Dmed/2019
Destaque de Capital Social na Filial é Obrigatório?
eSocial Esclarece Preenchimento de Casas Decimais
SPED
EFD-Contribuições: Informações Necessárias na Declaração
EFD-Reinf – CPRB – Nota Orientativa 05/2018
ARTIGOS E TEMAS
Balancete de Verificação
O Papel do Profissional da Contabilidade na 2ª Fase do eSocial
Créditos PIS e COFINS – Energia Elétrica
PUBLICAÇÕES PROFISSIONAIS ATUALIZÁVEIS
ICMS – Substituição Tributária – S. Paulo
Contabilidade de Condomínios
Contabilidade Gerencial

 

Simples Nacional – Distribuição de Lucros – Isenção do Imposto de Renda

Para fins de imposto de renda, na fonte e na declaração de ajuste do beneficiário, são isentos os valores efetivamente pagos ou distribuídos ao titular ou sócio da microempresa ou empresa de pequeno optantes pelo Simples Nacional, salvo os que corresponderem a pro labore, aluguéis ou serviços prestados.

Limite de Isenção

A isenção fica limitada ao valor resultante da aplicação dos percentuais de que trata o artigo 15 da Lei 9.249/1995, sobre a receita bruta mensal, no caso de antecipação de fonte, ou da receita bruta total anual, tratando-se de declaração de ajuste, subtraído do valor devido na forma do Simples Nacional no período, relativo ao IRPJ.

Empresa Com Escrituração Contábil

O limite de isenção não se aplica na hipótese de a pessoa jurídica manter escrituração contábil e evidenciar lucro superior àquele limite.

Ou seja, provado através da contabilidade que o lucro apurado é superior ao determinado mediante a regra geral, poderá este lucro ser distribuído com a isenção do imposto de renda.

Isto evidencia uma vantagem inequívoca da manutenção da escrita contábil, cabendo aos contabilistas alertarem seus clientes sobre esta vantagem, providenciando o levantamento patrimonial (balanço de abertura) e início da escrituração comercial.

Distribuição Excedente

Convém ressaltar que eventual retirada de lucro excedente aos limites estabelecidos deverá ser submetida à tributação do imposto de renda na fonte, aplicando-se a tabela progressiva sobre o respectivo excedente.

Veja maiores detalhamentos e exemplos no tópico Simples Nacional – Rendimentos Distribuídos a Sócio ou Titular no Guia Tributário Online.

Manual do Super Simples, contendo as normas do Simples Nacional - Lei Complementar 123/2006. Contém as mudanças determinadas pela LC 128/2008. Atualização garantida por 12 meses! Clique aqui para mais informações. Manual do Simples Nacional 

Mais informações

Edição Atualizável 2018/2019

ComprarClique para baixar uma amostra!

Boletim Tributário e Contábil 02.10.2018

Data desta edição: 02.10.2018

AGENDA DE OBRIGAÇÕES TRIBUTÁRIAS
Agenda de Obrigações Tributárias Federais – Outubro/2018
GUIA TRIBUTÁRIO ONLINE
IPI – Modelo de Petição para Consulta de Classificação Fiscal de Mercadorias
Parcelamento de Débitos Tributários Federais
PIS e COFINS – Isenção e Diferimento
GUIA CONTÁBIL ONLINE
Ativo Intangível
Extravio de Livros ou Documentos da Escrituração
Terceiro Setor – Obtenção de Serviços Voluntários
ENFOQUES
SCP – Exercício de Atividade pelo Sócio Participante – Isenção – Restrição
EFD-Reinf: Aprovada Nova Versão do Leiaute
Alteração na TIPI
ARTIGOS E TEMAS
Rol de Livros Contábeis
Depreciação Inferior à Taxa Fiscal – Exclusão no Lucro Real
ORIENTAÇÕES
PIS e COFINS – Juros Recebidos de Clientes – Regime Cumulativo
COAF – Informações Financeiras Obrigatórias
ECONOMIA FISCAL
Créditos PIS/COFINS – Serviços Subcontratados
IRPF: Ganho de Capital pode ser Reduzido
PUBLICAÇÕES PROFISSIONAIS ATUALIZÁVEIS
IPI – Teoria e Prática
Auditoria do Imposto de Renda
Como Calcular Honorários Contábeis

 

Boletim Tributário e Contábil 25.09.2018

Data desta edição: 25.09.2018

AGENDA DE OBRIGAÇÕES TRIBUTÁRIAS
Alerta: DITR deve ser entregue até sexta 28.09
GUIA TRIBUTÁRIO ONLINE
ICMS – Crédito do Ativo Imobilizado
PIS e COFINS – Contratos com Prazo de Execução Superior a 1 Ano
Simples Nacional – CNAE – Códigos Simultaneamente Impeditivos e Permitidos
GUIA CONTÁBIL ONLINE
Variação Cambial de Direitos ou Obrigações
IRRF – Juros Sobre Aplicações Financeiras
Faturamento Antecipado
ENFOQUES
Parcelamento é Opção para Evitar Exclusão do Simples
Cancelamento da Inscrição do MEI Inadimplente
Publicados os Índices FAP para 2019
PLANEJAMENTO FISCAL
Recupere Crédito Presumido de PIS e COFINS de Origem Animal
Despesas Ocultas Podem Alterar a Opção de Lucro Presumido para Lucro Real
ORIENTAÇÕES
Redução de Capital – Entrega de Bem ao Sócio Deve Ser Tributada?
IRF em Operações de Factoring
ARTIGOS E TEMAS
Condomínios Devem Possuir Contabilidade?
Glossário de Termos Tributários e Fiscais
PUBLICAÇÕES PROFISSIONAIS ATUALIZÁVEIS
IRPJ Lucro Presumido
Cálculos e Créditos do PIS e COFINS
Manual do Empreendedor

 

Boletim Tributário e Contábil 18.09.2018

Data desta edição: 18.09.2018

GUIA TRIBUTÁRIO ONLINE
Retenção do PIS, COFINS e CSLL – Prestação de Serviços
IRPF – Imóvel Cedido Gratuitamente
IRPJ/CSLL – Arrendamento Mercantil e Leasing
GUIA CONTÁBIL ONLINE
Arrendamento Mercantil (Leasing) – Contabilização a Partir de 2019
Devoluções de Vendas
Obrigatoriedade de Publicação das Demonstrações Contábeis
ENFOQUES
DITR/2018: Prazo de Entrega Termina em 28/Setembro
Novos Serviços no e-CAC mediante Código de Acesso
ORIENTAÇÕES
Tratamento das Receitas Financeiras no PIS e na COFINS Não Cumulativos
Retenções na Fonte – Dispensa – Coleta de Resíduos
ARTIGOS E TEMAS
Indébitos Tributários – Contabilização
Preço de Transferência ou “Transfer Price”
SPED
EFD-REINF – Indicação de Isenção – Produtores Rurais
DCTFWeb – Acesso no Portal eCAC – Orientações
PUBLICAÇÕES PROFISSIONAIS ATUALIZÁVEIS
Manual do IRPJ – Lucro Real
Gestão do Departamento Fiscal
Auditoria Contábil