Cadê a Correção da Tabela do IRF?

por Júlio César Zanluca – contabilista e coordenador do site Portal Tributário

No meio de debates políticos intensos, discussões sobre reforma previdenciária e trabalhista, eleições 2018, Lava-Jato e outros “assuntos atuais”, parece que (quase) todo mundo esqueceu do confisco que o trabalhador brasileiro vem sofrendo há anos na sua renda: a defasagem da tabela do imposto de renda na fonte.

Segundo cálculos do Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Sindifisco Nacional), esta defasagem alcança 83,12% em 2017.

Ou seja, o limite de isenção, hoje em R$ 1.903,98, deveria ser de R$ 3.486,56. Um trabalhador que não tenha dependentes e que sofra retenção do INSS sobre este valor (11%), terá um rendimento tributável de R$ 3.103,04. Aplicando-se a tabela vigente, neste caso, haverá a retenção de R$ 110,65 a título de imposto de renda.

Isto é um verdadeiro confisco, já que para um trabalhador de baixa renda qualquer desconto implica em reduzir ainda mais seu poder aquisitivo.

Em resumo: quem paga as contas do descontrole das finanças públicas é a população de baixa renda, confiscada no seu salário ou proventos (como aposentadoria e pensões). Até quando a população brasileira assistirá calada a tais descalabros?

6 comentários sobre “Cadê a Correção da Tabela do IRF?

    • Lamentável, verdadeiro assalto ao trabalhador, comento isto quase diariamente com os colegas, temos que cobrar em quem votamos, alguém tem que fazer alguma coisa, cadê a mídia pra ajudar o trabalhador, por nenhuma emissora de TV faz reportagem sobre CORREÇÃO TABELA DE IR. Alô CRC vamos iniciar uma campanha neste sentido..

      Curtir

  1. O pior é que não vai mudar, ano que vem esse bando de bandidos se candidata novamente e os mais prejudicados infelizmente não entendo o porque votarão novamente nessa corja.

    Curtir

  2. O Senador Antonio Reguffe vem batendo nessa tecla a um tempo , e nada se faz, afinal é conveniente para eles a situação do IRRF como está, alem de defasada a atualização anual ocorre propositalmente atrasada, a situação desse pais ta bastante crítica, onde a massa trabalhadora é quem tem que suportar todos os desmandos do poder público.

    Curtir

Deixe uma resposta para Nilson Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s